Praticando o Marketing Consciente em meio à pandemia do Coronavírus

Como a Wagalume vem trabalhando com seus clientes e redescobrindo seus valores no cenário da pandemia de Covid-19

Com a chegada da pandemia, as mais diversas pessoas e empresas se viram obrigadas a modificar sua rotina frente às novas necessidades. Em um cenário sem precedentes de isolamento social, a realidade nos fez parar e transformar a nossa maneira de viver, sob diversos aspectos.

Seguindo as orientações de distanciamento social, a Wagalume criou um vídeo com o propósito de trazer reflexões e um convite diferente: uma viagem para dentro de si.

Contudo, frente a tantas mudanças e preocupados com o futuro, essa produção nos guiou para mais longe. E embarcamos nessa viagem de recolhimento, paciência, esperança e responsabilidade:

Enquanto direcionávamos o olhar para o nosso interior, repensamos sobre as motivações e responsabilidades, conosco, com nossos clientes e com a sociedade. E com empenho, esse retorno a nós mesmos foi acompanhado de muito trabalho, de dedicação aos clientes e de reinvenção frente uma nova realidade.

Mais do que estarmos publicamente presentes, estivemos lado a lado com as empresas que acreditam em nós. E, ainda que grande parte do trabalho de uma agência seja no modo offline, ou seja, distante dos olhos atentos das redes sociais, isso está longe de significar que a Wagalume esteve alheia aos acontecimentos atuais e do relevante momento da internet. Pelo contrário, acreditamos que com todos esses episódios fomos capazes de reafirmar o que propomos com nossa marca, construir o Marketing Consciente.

Mas afinal, o que é Marketing Consciente?

Por definição, a empresa consciente inspira negócios responsáveis, sustentáveis e inovadores. Muito além de manter sua imagem, se preocupa com o impacto social gerado por seu trabalho e leva em consideração as pessoas envolvidas em casa processo.

Nesse contexto, o que a Wagalume vem propor com o Marketing Consciente é unir essas duas pontas, desenvolver um trabalho de vanguarda que possa inspirar negócios a levarem resultados conscientes aos seus clientes.

Através dele, a Wagalume visa ressignificar o mercado, trabalhando para dar mais sentido a cada projeto desenvolvido. Por meio de um trabalho colaborativo, criativo e inédito, conta com uma equipe multidisciplinar que se dedica a construir juntos um novo resultado, mais dinâmico, responsável e acolhedor.

O marketing consciente na prática

O marketing consciente nasce como um olhar mais profundo, que promove o sentimento de pertencimento entre todos os participantes da empresa, funcionários, clientes, fornecedores, comunidade e meio ambiente.

Essa visão cuidadosa e interessada, caracteriza o marketing sob uma concepção mais humana, que considera em primeiro lugar as pessoas afetadas por cada processo do trabalho.

Incorporando as necessidades de todos os envolvidos, é possível ampliar a compreensão acerca das mudanças que a empresa é capaz de aplicar a sua volta. Na prática, podemos tomar como exemplo o caso da Wagalume, que com sua equipe 100% em home office pôde trabalhar em segurança durante esse período difícil que estamos vivendo.

Enquanto isso, os clientes puderam contar com um suporte criativo e atento, sem deixar de produzir mas sendo cientes das exigências para sobrevoar a crise.

Além de sustentável, o marketing consciente permite resultados rentáveis, com ele a empresa é capaz de oferecer produtos e serviços mais conscientes de suas implicações. Tudo isso, é claro, caminha ao lado das tendências do mercado, que impactam e transformam diretamente as formas de fazer, comunicar e se relacionar.

Posicionamento de marca e tendências para 2020 no cenário da Covid-19

Neste ano, tendências que prometiam aumentar o engajamento, como lives e podcasts, se tornaram importantes ferramentas de informação e entretenimento durante a quarentena. E não é à toa! Ambas formas de produzir conteúdo vem aproximando a marca do consumidor de forma leve e transparente, autenticando o relacionamento com o cliente de forma dinâmica e real.

Além disso, as diversas possibilidades de chamadas de vídeo, novidades nas redes sociais – como ferramentas de apoio a pequenas empresas – plataforma de streaming com players para sincronizar vídeos, e tantas outras funções digitais têm feito uma diferença positiva durante a pandemia.

E o que tudo isso tem a ver com uma agência e seus clientes? Tudo. A partir daí, chegamos a outra tendência que já era prevista para 2020, a valorização da experiência do usuário facilitadas pelas redes sociais e a digitalização do mundo corporativo. Ações que ditaram, em muitos casos, a sobrevivência do negócio nesses tempos difíceis.

Com a necessidade de distanciamento, não demorou que os comércios fossem abalados financeiramente e obrigados a pensar não somente nos custos e reservas, mas também em toda a cadeia que movimenta seu negócio. No texto Como sobreviver em meio à crise: 8 dicas para a sua empresa falamos sobre os primeiros passos nesse cenário e a necessária integração no ambiente empresarial.

No contexto da disseminação do Coronavírus e sob a ótica do marketing consciente, a Wagalume realizou diversas campanhas digitais para seus clientes. E como resultado, obtivemos ações que fortaleceram as estratégias de venda de gastronomia, por exemplo, através da adaptação para o delivery, ampliação do negócio para e-commerce e criação de campanhas de arrecadação, que podem ser um excelente meio de fidelização e transparência com os clientes.

Além de contribuir para que a empresa continue sobrevivendo a crise, pudemos criar novas portas e adaptar o produto de forma eficiente, fatores que poderão ser considerados essenciais no pós-pandemia.

Um futuro consciente para resultados genuínos

Em muitos aspectos, há quem acredite que a pandemia foi uma verdadeira ‘aceleradora de futuro’. E quando falamos em tendências fica fácil enxergar como essa transformação, acelerada pela pandemia, contribuiu para a sobrevivência de inúmeras empresas, que puderam dar continuidade ou adaptar seu negócio de forma digital.

Muitos empreendimentos tiveram que se reinventar e provavelmente, precisaram considerar a relevância do negócio e como os serviços realmente podem agregar na vida dos consumidores. Após essa imensa crise, acreditamos que um futuro mais consciente nos espera e, seguindo as evidências, os negócios precisarão lidar com um público que já não compra por comprar, mas considera toda a experiência e implicações do que consomem.

E quando falamos de experiência, falamos de valores, de responsabilidade com as pessoas e com o mundo a nossa volta. Por isso, acreditamos mais do que nunca que a Wagalume está no caminho certo com o Marketing Consciente e poderá continuar promovendo novas ideias e iluminando novos caminhos.

Esse é o nosso propósito. Gerar ciclos saudáveis e maduros em cada projeto abraçado, porque sabemos que por trás de cada marca há inúmeros sonhos, esforços e muito trabalho. Respeitamos cada um que participa e produz conosco, compartilhando nossos valores e aprendendo com quem acredita em um mundo melhor.